sábado, 28 de novembro de 2009

Tonga - Polinésia

Tonga - Polinésia

Tonga é um estado da Polinésia que ocupa as ilhas do mesmo nome, também conhecidas como Ilhas Amigáveis, um arquipélago de 169 ilhas. Confina a norte com o território francês de Wallis e Futuna e com Samoa, a nordeste com a Samoa Americana, a leste com os territórios neo-zelandeses de Niue e das Ilhas Cook e a oeste com Fiji. Para sul, as ilhas mais próximas são as Kermadec, pertencentes à Nova Zelândia. Sua capital é Nuku'alofa.

Tonga - Polinésia

História


Evidências arqueológicas mostram que os primeiros colonos de Tonga chegaram navegando das Ilhas Santa Cruz (politicamente são parte das Salomão, mas seu ecossistema de florestas úmidas é o mesmo de Vanuatu) nas primeiras migrações do povo ancestral conhecido como Lápita (Os descendentes diretos desse povo hoje são os melanésios) para o crescente Fiji-Tonga-Samoa, berço da cultura polinésia, em 1500 a.C. Chegaram em Tonga em alguma data entre o ano 1500 a.C. e o ano 1000 a.C.
Os Lápitas eram um povo avançado, viviam da pesca e da horticultura, navegavam e produziam cerâmica. Esse povo viveu e se reproduziu durante 1000 anos nas ilhas de Tonga, Samoa, e Fiji, antes de novos exploradores descobrirem as Marquesas, o Taiti e o restante das ilhas do Pacífico Sul.
Por esses motivos Tonga, Samoa e Fiji são conhecidas como o “Berço da cultura e civilização da polinésia”.
No século XII os tonganeses criaram uma rede de interação, composta por aventureiros, guerreiros e navegadores, essa rede ficou conhecida como Tu’i Tonga, ou Império de Tonga, que foi um poderoso império e conquistou muitas ilhas vizinhas de Niue até Tikopia.

Tonga - Polinésia

No Século XVII uma guerra civil eclodiu em Tonga. Foi nessa época que os primeiros europeus chegaram, começando em 1616 com a dupla Willem Schouten e Jacob Le Maire, navegadores holandeses que descobriram uma rota para as ilhas do pacifico e depois publicaram suas aventuras num diário. Em 1643 o descobridor da Tasmânia e da Nova Zelândia, Abel Tasman, passou pelas ilhas de Tongatapu e Há’pai. Um século depois, em 1773 Tonga foi visitada pelo Ilustre Capitão Cook, descobridor da Austrália e do Havaí. Os primeiros missionários passaram por lá em 1797, e em 1822 o metodista Lawry Buller ajudou a converter os tonganeses em metodistas.
Em 1845 Tonga foi unida ao Reino da Polinésia pelo ambicioso rei Taufa’Ahau conhecido também como rei George Tupou I (o primeiro rei de Tonga). Em 1875 com a ajuda de um missionário inglês chamado Shirley Baker o rei George declarou Tonga uma monarquia constitucional e nomeou Shirley Baker seu primeiro-ministro. Tonga adotou o estilo real europeu, criou um código de lei e limitou o poder dos chefes tribais.
Em 18 de maio de 1900 Tonga se tornou um protetorado britânico sob um tratado de amizade. Tonga só foi conquistar sua independência em 1970 quando o tratado de amizade chegou ao fim e Tonga deixou de ser território britânico. Tonga entrou para as Nações Unidas em 1999.
Mesmo quando exposta a forças colonizadoras, Tonga sempre teve um rei nativo de ascendência indígena, fato que faz de Tonga única no pacifico e que orgulha muito os tonganeses e os faz confiar no seu sistema de governo.
Tonga é até hoje uma monarquia constitucional.

 

Um comentário:

  1. lindo o meu marido tem um apelido com esse nome

    ResponderExcluir